Jorge Viana denuncia abandono da BR 364

E-mail Imprimir PDF

Da tribuna, senador cobra investimentos do governo Temer e diz que as principais rodovias federais do Acre estão sem manutenção

O senador Jorge Viana (PT-AC) ocupou a tribuna, na noite de terça-feira, 4 de abril, para cobrar investimentos do governo federal na manutenção de rodovias federais no Acre, como a BR 364. Ele denunciou o abandono da rodovia pelo governo Temer. “A BR-364 é hoje de inteira responsabilidade do governo federal”, disse o parlamentar. “Quando era de responsabilidade do nosso governo, nunca ficou no estado que estamos vendo hoje – essa é a realidade. Parece que alguns querem voltar a viver em função dessa tragédia”, lamentou.

Viana declarou que a chegada da Superintendência do DNIT ao Acre, no governo Temer, não trouxe nenhuma melhora às rodovias. “É um crime o que estão fazendo com a BR-364”, denunciou na tribuna do Senado. Ele disse que vai interceder junto à bancada federal do Acre para que vá ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) e ao Ministério dos Transportes exigir, em nome do povo do Acre, a imediata retomada dos trabalhos de manutenção das rodovias.

“Não podemos aceitar que tanto investimento feito nos últimos 15 anos seja abandonado, que dinheiro seja jogado fora. Vêm os espertos, os espertalhões, com cifras de investimentos na BR que não retratam a realidade”, denunciou. “Os motoristas, os taxistas pedem que se faça a manutenção devida, sob pena de os acidentes se multiplicarem, de vidas se perderem e de os prejuízos também se multiplicarem”, disse.

“Estão deixando ser destruído também o trecho da BR-317 entre Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia; o anel viário de Rio Branco, que eu fiz, quando governador, com tanto amor e carinho; o acesso ao aeroporto, que eu também fiz, quando governador, com minha equipe, com tanta responsabilidade e sacrifício”, disse Jorge Viana.

“Eu faço esse apelo porque é minha obrigação, porque sou acriano, porque sou usuário dessas estradas, porque trabalhei nelas e sei que estou emprestando a minha voz para cada um que sofre quando passa na BR-364, para cada pessoa de Feijó que precisa ir a Rio Branco, que precisa ir a Tarauacá; para cada morador de Tarauacá que precisa ir a Cruzeiro do Sul, a Feijó, a Sena Madureira ou a Rio Branco”.

Ele comentou que o comércio de mercadorias e o intercâmbio econômico estão sendo prejudicados por conta das condições precárias da BR-317, que encarecem o transporte, deixam as mercadorias mais caras e rompem com a relação comercial do Brasil com o Peru.

img050417

 

Mais Notícias

Nota de pesar

O professor Marco Aurélio era um intelectual e militante apaixonado pela política, um perseverante s...

Jorge Viana participa de encontro e se diz otimista com política ambiental no Acre

Senador participou da avaliação do programa REDD no Acre e defendeu inspiração nos povos indígenas p...

Jorge Viana lamenta aprovação da reforma trabalhista

Senador denunciou retrocesso imposto pelo trabalho intermitente, proposto pelo governo na proposta q...

Jorge Viana critica reforma trabalhista

Senador chama proposta de “Frankenstein” e aponta que Temer não tem condições de levar o país adiant...

Jorge Viana alerta para tensão em Xapuri

Senador denuncia ameaças a posseiros na reserva extrativista Chico Mendes, lembrando a morte do ambi...

Jorge Viana apresenta emendas na LDO para garantir manutenção das BRs 317 e 364

O senador Jorge Viana (PT-AC) apresentou várias emendas ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária...

Bancada acreana denuncia tentativa de garimpo no Juruá

Durante audiência com senadores, deputados e vereadores de Cruzeiro do Sul, ministro das Minas e Ene...

Jorge Viana eleito para Vice-Presidência da Comissão de Orçamento

Parlamentar acreano foi indicado pela bancada do PT e definido como relator setorial para Ciência e ...

Jorge Viana quer ampliação de banda larga no Acre

Senador diz que a questão é estratégica para o futuro do país, lembrando que o Brasil está atrasado ...

Jorge Viana garante empenho de R$ 4,4 milhões de emendas para governo e prefeituras

Recursos atenderão dez prefeituras, comandadas por diferentes partidos, inclusive de oposição, além ...