Pedofilia e a PEC 64/2016

E-mail Imprimir PDF

Com a PEC 64/2016, de autoria do Senador Jorge Viana do PT/ Acre, aprovada essa semana pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, tornando imprescritível o crime de estupro de vulnerável, praticado contra crianças e adolescentes abaixo de quatorze anos, pessoas já adultas como os personagens fictícios do meu livro, “Pedofilia – Fatos baseados na vida real”, Rodrigo e Estela, mas baseados em inúmeros casos reais, que atendi e continuo atendendo, vão poder ver as investigações das situações que vivenciaram produzidas e seus algozes atrás das grades, mesmo muitos anos depois.

Isso fará total diferença na vida dessas pessoas. Só quem vivencia uma situação de violência sexual na infância sabe o quanto é difícil conviver com isso, quantas dores são carregadas dentro de si e quantas sequelas. A produção de uma investigação e a punição do agressor cairia como um bálsamo nas feridas abertas não cicatrizadas.

Podemos dizer que a luta é grande, mas ainda bem que temos avançado bastante na proteção de nossa infância e adolescência nos últimos anos. Prova disso são as decisões jurisprudenciais recentes do STJ que devemos aplaudir e, agora, essa manifestação tão importante de nosso legislativo.

Posições como estas nos fazem constatar que nossa luta não é em vão. E que os avanços vem. Por isso vamos proteger sim nossas crianças, investigar os abusadores e com isso interromper o ciclo da violência.

Parabéns CCJ Senado Federal! E obrigada pelo olhar dirigido a quem realmente precisa.

 

Últimos Artigos, Notícias e Outros

Quando Lula será preso?

Nelson Jobim

Pedofilia e a PEC 64/2016

Valéria Martirena

Representação

Luis Fernando Veríssimo

Serra volta ao Senado para marcar Aécio homem a homem

Alex Solnik

“Entreguismo” poderá sepultar o golpe

Marcelo Zero

Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária

Tereza Cruvinel

Brasil pega fogo e Temer toca harpa

Ribamar Fonseca

Vencendo a guerra contra o Aedes

Editorial Página 20

Triste e revoltante!

Editorial Página 20

Temer & Moraes: o desprezo pela opinião pública

Kotscho

Reação na Petrobras: “querem trocar a Noruega pela Nigéria”

Paulo Moreira Leite

Covardia e preconceito contra Marisa

Paulo Moreira Leite

Eros, Tanatos e o ódio à família Lula da Silva

Tereza Cruvinel

O povo quer ver trabalho com resultado

Editorial Página 20

Boulos e o guarda da esquina do AI-5

Paulo Moreira Leite

Temer perdido no caos

Alex Solnik

Sonho da elite é ter um Romero Brito na parede e uma senzala no quintal

Luis Felipe Miguel

Sombra da ditadura no horizonte

Paulo Moreira Leite

2016: o ano do golpe e do seu fracasso

Emir Sader

A guerra entre as estrelas togadas

Tereza Cruvinel

Com dom Paulo, homenagem à democracia

Paulo Moreira Leite

Aeroporto maior e melhor

Editorial Página 20

Datafolha: 63% contra o golpe dentro do golpe

Paulo Moreira Leite

As ruas vão tirar Michel Temer

Silvio Costa

O fim do "Sem Censura" e os ataques à comunicação pública

Tereza Cruvinel

171, um número que acua Temer

Tereza Cruvinel

Valorização e fortalecimento da cultura e identidade dos povos indígenas

Maria Meireles

Jorge Viana pode dar fôlego à resistência

Luis Felipe Miguel