Viana denuncia: Temer está vendendo o Brasil

E-mail Imprimir PDF

Senador lamenta abertura indiscriminada do mercado aéreo brasileiro e da mineração na Amazônia. “É um crime lesa-pátria”, adverte

O senador Jorge Viana (PT-AC) voltou a criticar fortemente o governo Michel Temer pela adoção de medidas e políticas públicas que afrontam a soberana nacional, como a venda de empresas aéreas e terras a estrangeiros, além da reabertura da mineração na Amazônia. “É um crime lesa-pátria: estão pondo o Brasil à venda”, alertou, em discurso na tribuna do Senado, nesta terça-feira, 11 de abril. “Nós não podemos seguir essa marcha da insensatez”.

“Esse projeto de mineração é criminoso”, destacou. “Está escrito na Constituição que o solo e o subsolo são parte da soberania nacional. Quem é que vai fazer a defesa dos 25 milhões que vivem na Amazônia quando empresas, grandes corporações estrangeiras chegarem lá para levar a riqueza que nós temos?”

Segundo o parlamentar, um ano depois de o país assistir à votação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff pela Câmara, o Brasil está sendo colocado à venda pelo governo ilegítimo. “Àqueles que ainda têm fé a esperança, àqueles que ainda têm amor por este país, eu faço um apelo: vamos fazer valer aquele nacionalismo que está dentro da gente, independente de outras posições divergentes, e pôr um freio”, disse.

Viana listou algumas das medidas do Palácio do Planalto que considera uma ameaça aos interesses nacionais, como a abertura total do mercado aéreo às empresas estrangeiras. “Não há nenhuma grande nação no mundo que não tenha uma grande companhia aérea. Isso é um fato. Nenhuma”, alertou. “Estão pondo à venda todas as companhias aéreas do Brasil”.

O senador também condenou o projeto que autoriza a mineração na Amazônia. “Parece que não aprendemos com a Serra Pelada, com Roosevelt, com os desastres que temos vivido, com invasões de terras indígenas, com a mazela humana e com o desrespeito com o patrimônio nacional”, criticou. Ele lamentou a destruição do Estado brasileiro.

“A Petrobras está sendo dilapidada, depreciada, para certamente, depois, o governo pôr à venda”, disse. Ele relembrou seu alerta sobre a proposta da Casa Civil de permitir a venda de terras a estrangeiros. “Uma empresa estrangeira, com algumas moedas, vai poder comprar uma área no Brasil maior do que a soma de muitos países da Europa e do mundo”, denunciou.

“É esse o país que nós queremos? Estão pondo à venda o Brasil na pior hora, no pior momento”, advertiu o parlamentar, ressaltando que o país tem hoje 13,5 milhões de desempregados, dívida crescente e um déficit que o governo não consegue justificar.

 

Mais Notícias

Solidário com prefeito, Jorge Viana critica ambiente de intolerância

  Da tribuna do Senado, parlamentar lamenta ação espetaculosa e constrangimento desnecessário ...

Nota do Senador Jorge Viana

Sobre a operação deflagrada nesta segunda-feira por órgãos de controle, quero reiterar minha inteira...

Jorge Viana: “Não dá para conviver com a pobreza numa das mais ricas regiões do mundo que é Amazônia

O senador Jorge Viana (PT) esteve no Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, nesta quinta, 26, e p...

“Amazônia está trazendo foco para agenda verde ambiental”, diz Jorge Viana

O senador do Acre, Jorge Viana, esteve presente na Câmara de Meio Ambiente do 16° Fórum de Governado...

Jorge Viana defende mais recursos e investimentos em Ciência e Tecnologia

Para senador, investimentos no setor de pesquisas e inovações são fundamentais para crescimento de u...

Jorge Viana condena cortes no Orçamento do meio ambiente

  Senador alerta para riscos na fiscalização ambiental por conta dos cortes na proposta orçame...

Jorge Viana destaca potencial do bambu para o Acre

Senador saúda entrada do Brasil em organização multilateral que incentiva exploração econômica da es...

Jorge Viana anuncia R$ 14,7 milhões em emendas para o Acre

Senador ligou para 22 administradores comunicando a alocação de recursos no Orçamento de 2018. “É mi...

Comissão sobre Mudanças Climáticas vai promover evento na COP 23, em Bonn

Jorge Viana confirma audiência, em 15 de novembro, durante Conferências das Partes, na Alemanha, par...

Jorge Viana quer lei de transparência para juros

Projeto do senador obriga instituições financeiras a divulgarem as taxas de juros, mensais e anuais,...