Viana critica Temer por cortes e pede debate sobre banda larga

E-mail Imprimir PDF

Senador apresentou à Comissão de Ciência e Tecnologia plano de trabalho para discutir política pública. Brasil só tem cobertura de redes móveis em 4G em 33% dos municípios

O senador Jorge Viana (PT-AC) é o relator da política pública de expansão da banda larga, definida pela Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado para ser avaliada ao longo de 2017. Ele criticou duramente os cortes promovidos pelo governo Temer no orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações, que sofreu um contingenciamento de 44% no orçamento para 2017. É o menor orçamento para a área em 12 anos.

Viana afirmou que o corte é uma bomba no Orçamento, criticou. “Esse é um corte que um país como o nosso não suporta. Vai atrasar o país por décadas”, criticou. “Quem diz isso é a comunidade científica. O corte de 44% é parte de um plano que está destruindo nosso país”.

O parlamentar defendeu uma agenda de trabalho que permita a ampla discussão sobre os planos de expansão dos serviços de telefonia e internet, incluindo a aplicação dos fundos de telecomunicações. Para Viana, esta política pública deve ser uma das prioridades para o Senado.

Ele defendeu o descontingenciamento do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust). Instituído por lei em 2000, o fundo financia a implantação de serviços do setor, especialmente para a população carente, e é considerado fundamental para a rápida expansão do acesso à banda larga no país.

De acordo com auditoria do Tribunal de Contas da União, os recursos do FUST não estão sendo aplicados devidamente. Desde 2001, foram arrecadados R$ 20 bilhões pelo Fust, mas apenas 0,002% do valor aplicado foram destinados à universalização dos serviços de telecomunicações, justamente a razão pela qual o fundo foi criado. “A maior parte dos recursos foi utilizada para o pagamento da dívida pública mobiliária interna e para o pagamento de benefícios previdenciários”, destaca o relatório do TCU.

Jorge Viana lembra que os esforços do governo para modernizar a a infraestrutura de redes, como o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e os incentivos à massificação do acesso às redes móveis de terceira e quarta gerações (3G e 4G), não foram bem-sucedidos. “Basta mencionar que apenas 1814 municípios (33% do total de 5475 municípios) são atendidos com redes 4G. Outros 575 sequer são atendidos com tecnologia 3G”, lembrou.

IMG 4736

 

 

Mais Notícias

Jorge Viana apresenta requerimento para debater orçamento da BR-364

Senador Jorge Viana destacou relatório da Federação do comércio e convocação do diretor do DNIT e re...

Jorge Viana participa da posse da nova Procuradora da República Raquel Dodge

nador diz que espera firmeza e imparcialidade da nova chefe do Ministério Público Federal O senador...

Jorge Viana anuncia ato que irá marcar investimentos em telefonia móvel e internet no Acre

Senador falou sobre termo de cooperação que será assinado por dirigentes das companhias telefônicas,...

Municípios de fronteira do Acre podem virar Áreas de Livre Comércio

Proposta de autoria do senador Jorge Viana foi aprovada em comissão do Senado e pode beneficiar Assi...

Jorge Viana se reúne com lideranças de Sena Madureira, Manoel Urbano e Feijó

  Os dois pré-candidatos ao Senado Federal pela Frente Popular do Acre, senador Jorge Viana e ...

Jorge Viana defende medidas emergenciais para combater violência nas fronteiras

Senador diz que vai apresentar propostas para combater impunidade e ajudar segurança pública do país...

Jorge Viana cobra DNIT por mais frentes de trabalho na recuperação da BR-364

Em visita ao DNIT, senador relata o estado de conservação da rodovia e, no Ministério da Integração,...

Jorge Viana cobra de autoridades federais medidas contra o crime

Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, parlamentar alerta para a deterioração...

Jorge Viana percorre BR-364 e defende união para garantir obras de manutenção

Senador visitou Sena Madureira, Manoel Urbano e Feijó antes de seguir para Tarauacá, e diz que irá r...

Jorge Viana: "Pesquisa é o retrato do momento. Boa para nós e ruim para a oposição"

Senador comenta dados da Vox Populi, que mostra uma disputa acirrada para o governo do Acre O senad...