Jorge Viana critica desmonte da Funai e lamenta violência contra indígenas no Maranhão

E-mail Imprimir PDF

O senador Jorge Viana (PT-AC) lamentou da tribuna do Senado nesta terça-feira (02) a chacina de trabalhadores rurais sem-terra em Mato Grosso, no mês de abril, e também o ataque sofrido por indígenas da etnia Gamela no município de Viana, no Maranhão, neste último fim de semana. O senador denunciou que ao menos 13 índios foram feridos e, segundo a Comissão Indigenista Missionária (Cimi), dois deles teriam tido as mãos decepadas.

Em discurso, o parlamentar criticou a postura do atual ministro da Justiça, Osmar Serraglio, que comanda a pasta responsável pela Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo a imprensa, Serraglio fez pouco caso da luta indígena quando questionou se “terra enche a barriga de alguém”, referindo-se à luta dos povos indígenas pela demarcação.

“Só quem não tem nenhum respeito com a história dos povos originários indígenas, só quem não tem o menor bom senso, quem não leu a Constituição pode falar uma asneira dessa. Terra tem um significado muito mais amplo para os povos indígenas. Para eles, a terra é a sua história, a sua vida”, declarou.

O senador criticou o desmonte da Funai, que segundo ele teve um corte de 44% em seu orçamento, e destacou que para valorizar os povos indígenas é preciso fortalecer a instituição. Viana ainda fez um apelo para que os senadores não se calem diante da matança de índios no Brasil. Ele também pediu que o ministro da Justiça receba representantes dos indígenas, faça com que a Polícia Federal prenda os responsáveis pela violência no Maranhão e dê melhores condições de trabalho para a Funai.

“A Funai tem bons funcionários, a Funai tem uma história. Vai completar nesse ano, em dezembro, 50 anos. E olha como é que o Brasil está comemorando? Esse governo está matando a Funai por inanição. Nós não podemos nos calar diante dessa barbaridade”, defendeu.

flash1

 

Mais Notícias

Jorge Viana celebra rejeição da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais

Parlamentar diz que a crise política vem se agravando, o governo está acuado por denúncias e o Senad...

Nota técnica DNIT sobre BR-364

Nota técnica DNIT sobre BR-364 A pedido do senador Jorge Viana (PT-AC), o Diretor Geral do do Depar...

“A classe política deve desculpas ao país”, diz Jorge Viana

Da tribuna, senador afirma que TSE não julga apenas Dilma, nem o atual presidente. “O julgamento é d...

Jorge Viana cobra pressa na recuperação da BR-364

Senador disse que recursos estão garantidos para a estrada entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul. “...

Jorge Viana se reúne com analistas e investidores

Senador manteve reunião nesta quarta-feira para tratar da conjuntura política, tentando antever cená...

Jorge Viana: “A relação com o meio ambiente é responsabilidade de todos nós"

Senador lembra, durante Semana do Meio Ambiente, que cuidar da relação do homem com o planeta deve s...

Jorge Viana volta a criticar cobrança de bagagem em viagens aéreas

Senadores debatem na Comissão de Defesa do Consumidor decisão da ANAC de liberar tarifa para companh...

Jorge Viana visita o Centro de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual e Doméstica do Ministério

  Autor da PEC64/2016 que transforma estupro em crime imprescritível, se mostra preocupado com...

Senado aprova PEC de Jorge Viana que torna imprescritível crime de estupro

Projeto de emenda constitucional é aprovada, por 66 votos, em primeiro turno. Proposta ainda será su...

Jorge Viana anuncia investimentos de R$ 12 milhões da Vivo para o Acre

Senador diz que governo do estado e prefeitura vão assinar termo de cooperação com a Fundação Telefô...