Marcos Lisboa: Temer é fraco e cede a grupos de pressão

E-mail Imprimir PDF

Economista e presidente do Insper, Marcos Lisboa, afirma que o presidente interino Michel Temer demonstra uma relativa dubiedade: “Se por um lado tem falado em sacrifícios, em fazer reformas como a da Previdência, em propor o teto para os gastos e enfrentar uma série de problemas essenciais para superar o problema fiscal, por outro, no varejo, tem cedido aos grupos de pressão. Este parece ser um governo fraco, que cede a grupos de pressão. E ceder é ir na contramão do ajuste” 

Para o economista e presidente do Insper, Marcos Lisboa, o presidente interino Michel Temer demonstra uma relativa dubiedade: “Se por um lado tem falado em sacrifícios, em fazer reformas como a da Previdência, em propor o teto para os gastos e enfrentar uma série de problemas essenciais para superar o problema fiscal, por outro, no varejo, tem cedido aos grupos de pressão. Este parece ser um governo fraco, que cede a grupos de pressão. E ceder é ir na contramão do ajuste”.

Em entrevista à “Folha de S. Paulo”, ele afirma que a "grande pergunta" é saber se medidas como o reajuste do funcionalismo (ao custo de
R$ 67,7 bilhões até 2018) seriam só consequência do fato de Dilma Rousseff ainda não ter sido afastada definitivamente. "Espero que a interinidade não tenha sido um mau prelúdio", diz.

Diz ainda que há um cenário externo mais favorável aos preços de commodities no Brasil, as coisas pararam de piorar em termos de atividade e talvez exista a oportunidade de uma pequena recuperação no ano que vem (leia aqui).

 

Mais Notícias

Jorge Viana celebra rejeição da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais

Parlamentar diz que a crise política vem se agravando, o governo está acuado por denúncias e o Senad...

Nota técnica DNIT sobre BR-364

Nota técnica DNIT sobre BR-364 A pedido do senador Jorge Viana (PT-AC), o Diretor Geral do do Depar...

“A classe política deve desculpas ao país”, diz Jorge Viana

Da tribuna, senador afirma que TSE não julga apenas Dilma, nem o atual presidente. “O julgamento é d...

Jorge Viana cobra pressa na recuperação da BR-364

Senador disse que recursos estão garantidos para a estrada entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul. “...

Jorge Viana se reúne com analistas e investidores

Senador manteve reunião nesta quarta-feira para tratar da conjuntura política, tentando antever cená...

Jorge Viana: “A relação com o meio ambiente é responsabilidade de todos nós"

Senador lembra, durante Semana do Meio Ambiente, que cuidar da relação do homem com o planeta deve s...

Jorge Viana volta a criticar cobrança de bagagem em viagens aéreas

Senadores debatem na Comissão de Defesa do Consumidor decisão da ANAC de liberar tarifa para companh...

Jorge Viana visita o Centro de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual e Doméstica do Ministério

  Autor da PEC64/2016 que transforma estupro em crime imprescritível, se mostra preocupado com...

Senado aprova PEC de Jorge Viana que torna imprescritível crime de estupro

Projeto de emenda constitucional é aprovada, por 66 votos, em primeiro turno. Proposta ainda será su...

Jorge Viana anuncia investimentos de R$ 12 milhões da Vivo para o Acre

Senador diz que governo do estado e prefeitura vão assinar termo de cooperação com a Fundação Telefô...