Jorge Viana pode dar fôlego à resistência

E-mail Imprimir PDF

Enquanto as manobras para restituir o cargo a Renan não vingam, a pressão é para que Jorge Viana se preocupe com a "estabilidade das instituições", a "governabilidade", a "economia" - e não atrapalhe a tramitação das medidas de destruição da Constituição de 1988.

Nem vale a pena gastar saliva apontando a hipocrisia dos políticos conservadores e da mídia, que hoje afirmam ser contrário ao Brasil todo o tipo de comportamento que eles adotaram, elevado à enésima potência, para derrubar a presidente legítima. O fato é que temos outra reviravolta e um político do PT está em posição de, pela força do cargo que passou a ocupar, dar fôlego à resistência.

Ou não. Viana pode também se curvar à pressão da direita, manter o cronograma de votações e mostrar que, embora petista, é um parceiro confiável para os novos donos do poder. E assim sucumbir à tentação, tão forte para alguns integrantes do PT e também do PCdoB, de se adaptar a qualquer jogo que esteja sendo jogado.

Caso a permanência de Viana no cargo se estenda por tempo suficiente para que sua opção fique clara, teremos um divisor de águas. Uma eventual capitulação sua indicaria que não é mais possível contar com o PT, ou pelo menos com amplas alas do PT, para a resistência popular.

 

Últimos Artigos, Notícias e Outros

Quando Lula será preso?

Nelson Jobim

Pedofilia e a PEC 64/2016

Valéria Martirena

Representação

Luis Fernando Veríssimo

Serra volta ao Senado para marcar Aécio homem a homem

Alex Solnik

“Entreguismo” poderá sepultar o golpe

Marcelo Zero

Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária

Tereza Cruvinel

Brasil pega fogo e Temer toca harpa

Ribamar Fonseca

Vencendo a guerra contra o Aedes

Editorial Página 20

Triste e revoltante!

Editorial Página 20

Temer & Moraes: o desprezo pela opinião pública

Kotscho

Reação na Petrobras: “querem trocar a Noruega pela Nigéria”

Paulo Moreira Leite

Covardia e preconceito contra Marisa

Paulo Moreira Leite

Eros, Tanatos e o ódio à família Lula da Silva

Tereza Cruvinel

O povo quer ver trabalho com resultado

Editorial Página 20

Boulos e o guarda da esquina do AI-5

Paulo Moreira Leite

Temer perdido no caos

Alex Solnik

Sonho da elite é ter um Romero Brito na parede e uma senzala no quintal

Luis Felipe Miguel

Sombra da ditadura no horizonte

Paulo Moreira Leite

2016: o ano do golpe e do seu fracasso

Emir Sader

A guerra entre as estrelas togadas

Tereza Cruvinel

Com dom Paulo, homenagem à democracia

Paulo Moreira Leite

Aeroporto maior e melhor

Editorial Página 20

Datafolha: 63% contra o golpe dentro do golpe

Paulo Moreira Leite

As ruas vão tirar Michel Temer

Silvio Costa

O fim do "Sem Censura" e os ataques à comunicação pública

Tereza Cruvinel

171, um número que acua Temer

Tereza Cruvinel

Valorização e fortalecimento da cultura e identidade dos povos indígenas

Maria Meireles

Jorge Viana pode dar fôlego à resistência

Luis Felipe Miguel